Feijão nosso de cada dia

31/07/2017 por Revista dos Vegetarianos

0
feijao-de-cada-dia-veg129

Lá vem ele na cumbuquinha de cerâmica marrom…


Por: Marco Clivati –

Vem fervendo. Saiu direto da pressão, mergulhado com seus verdes louros e uma pitada de sal. Driblou o fogão e duas cadeiras e mergulhou em direção à mesa da cozinha. Que coisa linda! Sua fumaça até parece a de um vulcão, lançando seu aroma arrebatador. Só pode ser ele, o todo-poderoso feijão. O feijão nosso de cada dia.

Bastam duas conchas, um punhado de arroz e um toque de carinho. Você pode acrescentar farinha, um bocado de couve refogada e aquela pimentinha. Pronto. O que seria de nós sem nosso sagrado e humilde feijão?

Feijões são pura poesia. São mágicos na sua essência. Alguns podem levar você até as nuvens para conhecer a galinha dos ovos de ouro. Outros transportam você para o céu com seu aroma e sabor. Feijão é mágico. Feijão é sabor. Feijão é poesia!

Agradeço de coração por cada grão. Feijão nosso de cada dia dai-nos hoje muita saúde. Amém!

Esse texto foi retirado da Revista dos Vegetarianos, seção Editorial, edição 129.


Leia mais em:

Revista dos Vegetarianos edição 129

Site integrante do portal Europanet | Copyright © 2017 Editora Europa Ltda. É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site